Inspiração em forma de notas e acordes

' Felicidade .

domingo, 20 de setembro de 2009

Quando o coração descansa e todas as coisas parecem cantar,
O verde de algumas árvores se perde na imensidão do azul,
Os pássaros cantam em sintonia a voar,
As ruas tornam-se longas e na canção, cada instrumento passa a se intencificar.
Nossos olhos brilham,
Falando mais do que nossa boca poderia tentar,
E as belas curvas que nos levam a algum lugar,
Enfeitadas por monumentos, coqueiros, pequenas pracinhas
E a calmaria de uma domingo que está a se desenrolar.
Umas folhinhas verdes até caem por aí,
A vida brincando, lançando para nós todo seu encanto,
Leva o coração a descansar,
Passa em nossos braços abertos como o vento a soprar,
Nos arrepia, nos faz sorrir e sonhar,
Sabendo muito bem com o que brinca e como brincar,
Encantando de uma forma sem igual até o seu dia de parar.
É! quando o coração descansa e todas as coisas parecem cantar,
Nos encontramos então entrelaçados no encanto da vida,
Nestes momentos raros, tão simples,
Porém difíceis denominar,
Uns chamam de felicidade,
A famosa felicidade que mesmo demorando,
Um dia nos pega aqui, ou outro dia nos pegará por lá.
Simples felicidade, que faz o coração descansar,
A vida com seu toque caminhando por aí a encantar.
E hoje ela me pegou! Não posso negar!

2 externalização(ões):

Affonso Schmitt Paiz disse...

Seu texto lembrou-me de uma frase (cuja a autora é, nada mais, nada menos que Rita Lee)
"Brinque de ser sério e leve a sério a brincadeira."
Acredito que sorrir é mais importante do que viver, então sorria sempre. ;D

. Cíntira's Castle . ♪ disse...

Concordo plenamente.!
A graça do viver, está também no sorrir.
Está no sentir...Tudo..Momentos..Gestos (sorrisos)
:D

Postar um comentário

Externalizações