Inspiração em forma de notas e acordes

A sabedoria vã

quinta-feira, 28 de abril de 2011

É ao mesmo tempo bom e trágico falar sobre a sabedoria. Eu, como todo universitário, já ouvi falar que a academia é o antro da sabedoria, é o sítio do aprender, é a ideia socrática das grandes discussões e dos grandes pensamentos. Lugar de grandes! Engraçado como eu tenho convivido com esses "sábios" acadêmicos, professores, mestres, doutores, pós-doutores e mesmo colegas universitários e não tenho sentido essa sabedoria tão defendida. O que na verdade é que, por vezes a indignação, e muito mais a misericórdia para com essas pessoas me têm feito analisar melhor o assunto e querer abrir uma possível discussão entre você e seus amigos e mesmo uma reflexão interna. A sabedoria desses "homens" é vã.Ponto final! Engraçado como a sabedoria vem sendo conceituada como a qualidade de ser ter o aprendizado ou o nível do saber de alguém sobre certo assunto. Percebemos então uma confusão dessas pessoas entre sabedoria e conhecimento. A faculdade do saber pela simples acumulação de fatos e de experiências não é sabedoria mas conhecimento. O conhecimento vem pelo estudo, vem pela vivência. A sabedoria não! A sabedoria é discernimento celestial, e como tudo que é celestial, tem sua origem no seio do pai, origem nos céus, no alto. Existe um homem descrente sábio? Sim, por certo que pode existir. Mas, certamente sua sabedoria é humana, e como tudo que é humano é falho e pode vir a ser diabólico. A única sabedoria que nos traz a elevação espiritual  e o discernimento  é a sabedora divina. Sabedoria essa, que nos é dada através da Sua palavra e trazida através do Seu Espírito Santo. É mesmo de se indignar o quanto essas pessoas que negam a Deus e se presumem tão sábios estão convictos de sua sabedoria. Deus nos fala através de Paulo em sua carta aos Romanos " Porquanto tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu"(Rm 01:21); " Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos" ( Rm 01:22). Loucura! A sabedoria dos homens é uma sabedoria louca e vã.Cheios do conhecimento, vazios de verdade. Plenos de empirismo, esgotados de fé. Essa sabedoria não nos é conveniente, antes devemos jogá-la fora. "É esterco". Como pode o homem querer dar mais valor à criatura e às atividades da criatura do que ao próprio criador?! A letra pode nos ser a chave para a desgraça. A letra e o infindável conhecimento das coisas humanas é a pior das vaidades. A pior! É a vaidade que não se tem vergonha de assumir, de lutar por...Então nós temos cada vez mais conhecedores de todo o saber, e menos sábios em espírito e em verdade. O que é mais engraçado ainda é que, ao ler a definição de sabedoria num dicionário que possuo, encontrei o seguinte significado: 1. Qualidade de sábio. 2. Conhecimento da verdade. 3 . Sensatez ( minidicionário Ediouro). Conhecimento da verdade. Essa mesma verdade que nos liberta. A sensatez. Ó homens vãos, quão insensatos são os vossos pensamentos. Mais e mais eu percebo que eu quero pedir  mais sabedoria, mas aquela que excede todo o conhecimento humano. A sabedoria que vem do alto. Que vem de Deus.

2 externalização(ões):

Branca Gil disse...

ahh... a sabedoria que vem dEle é simples, nao quer gloria nenhuma, e nem precisa sair dizendo que é sabedoria. é! e pronto!

conhecimento é bom! mas tanto?! para que?!
e como Paulo já falava em 2 coríntios 3:6( se estou enganada)a letra mata, mas o Espírito vivifica!

belo texto, digo!
=D

Daai. disse...

Nossa, muito bom.
Concordo que devemos buscar cada vez mais a sabedoria de Deus.

Postar um comentário

Externalizações