Inspiração em forma de notas e acordes

Noite afora

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Sorrisos e risadas no vagar da noite,
Histórias e fatos que tomavam forma,
Descrições, boatos de sutis memórias
e entravam a noite, noite afora,
Sem previsão, sem tempo, sem hora.

Eram vozes de histeria carregados na brisa,
Entoados em cantos, em brados, em sons,
Em conjunto, em uníssimo, em fortes cantigas
Em casos, afagos, amassos e tons

Era apenas mais uma noite entre amigos,
Que se divertiam no doce clarear da senhora lua,
Que de longe os avistava e crescia e ria
E continuava a brilhar em sua face nua

3 externalização(ões):

Branca Gil disse...

Poxa!!
vizualizei a galera...
ouvir a trilha sonora e tudo mais...
auhsuahsuahsuhauhsuahs

muito bom!
=D

Dani Ribeiro disse...

Ao ler o texto revivi uma memória minha...

Consegui ver as pessoas e ouvir as falas. Foi lindo! *_*

Excelente!!!

Sinvas disse...

verdade... texto que retrata perfeitamente nossas noitadas e conversas, sons e tudo mais!
=)
muito bom nego!

Postar um comentário

Externalizações